Por que celebrar Darwin?

Charles Robert Darwin é uma figura histórica. Sua jornada, do embarque no HMS Beagle até a publicação de um dos livros mais famosos da humanidade (“A Origem das Espécies“, 1859), é motivo de estudos e discussões até os dias atuais. O fato é que suas ideias sobre a origem, adaptação e seleção natural transformaram o pensamento científico e a forma como encaramos a diversidade da vida.

Darwin construiu todo o pensamento evolutivo baseado na manipulação de amostras, observação criteriosa da natureza, leitura e dedução. Seu trabalho é anterior às Leis de Mendel (criadas por Gregor Mendel em 1865/66 mas só aceitas no início do século XX) e à descoberta da estrutura do DNA (publicada em 1953, por James Watson e Francis Crick). De forma bem simplificada e resumida, o processo que ele nomeou de Seleção Natural referia-se aos indivíduos que apresentassem características favoráveis à situação ambiental presente no momento tenderiam a possuir taxa de vida maior e de reprodução, ampliando assim aquelas características (reconhecidas posteriormente como genes) nas populações.

É importante lembrar que a publicação de “A Origem das Espécies” ocorreu num período de forma forte presença religiosa na Inglaterra e no mundo. Sendo assim, é possível entender o longo período de preparação do livro e as reações negativas que Darwin sofreu após a publicação. Sua coragem em apresentar fortes argumentos e evidências, somados ao legado de publicações devem ser celebrados pelas gerações.

Há relatos de celebração do início do século XX. O evento International Darwin Day Celebration começou com três entusiastas darwinistas: Dr. Robert Stephens (Humanist Community of Silicon Valley, 1995), Prof. Massimo Pugliucci (University of Tennessee, 1997) e Amanda Chesworth (New Mexico, 2000). Atualmente, o evento internacional é comemorado dia 12 de fevereiro (data do nascimento de Darwin) e gerenciado pela American Humanist Association e tem a missão de inspirar as pessoas através do planeta para refletir e agir nos princípios da bravura intelectual, curiosidade permanente, pensamento científico e busca pela verdade como Charles Darwin fazia.

No Brasil, o pioneiro nas comemorações é o Museu de Zoologia da USP, onde as atividades começaram em 2005 e permanecem ativas atualmente. Pela primeira vez o evento ocorrerá na cidade de Praia Grande, no colégio COC Novomundo, que desenvolverá uma série de atividades com os alunos do 7º ano do ensino fundamental e ensino médio.

Logotipo oficial do evento no Colégio COC Novomundo, Praia Grande, SP, Brasil

Com o objetivo de apresentar a biografia e o legado de Charles Darwin de forma lúdica e prática aos alunos do 7º ano do Ensino Fundamental do COC Novomundo, escolhemos a data de seu aniversário – 12 de fevereiro, conhecida internacionalmente como Darwin Day – para criar o evento Dia de Darwin no colégio.


A programação foi criada pelos professores da área de Ciências Naturais e conta com uma palestra sobre a viagem a bordo do HMS Beagle, atividades em laboratório sobre Seleção Natural e uma expedição colaborativa ao ar livre, finalizando com um bolo de aniversário e um parabéns para o naturalista que tanto colaborou (e ainda colabora) com o desenvolvimento da ciência e do pensamento humano. Viva!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.